Gemêas vivem a emoção em dose dupla no RIR

Setembro de 2017, o mês mais esperado por amantes de música, e não foi diferente comigo nem com a minha irmã. O nosso grande dia chegou, 16 de setembro, com apresentações do Skank, Shawn Mendes, Fergie e Maroon 5.
Mas vamos voltar um pouco para vocês saberem como foram esses 3 dias de Rock in Rio, sim 3 dias, sabe aquele bate e volta? Então…

Dia 15, o dia em que eu e minha irmã Gabrielle embarcamos para a maior aventura de nossas vidas. Nosso embarque estava previsto para sair as 00h01, chegamos na rodoviária do Tietê um pouco cedo, mas o bom é que estávamos muito bem acompanhadas com a minha mãe Luciana e meu irmão Matheus, para esperarmos mais de 3 horas até o nosso embarque.
As horas demoravam um pouco a passar. Aquela ansiedade que corria nas nossas veias era maior do que qualquer coisa, e a sensação de saber que estávamos indo para um dos maiores festivais de música do mundo, era algo que não tinha com o que comparar. As horas passaram, e minha mãe e meu irmão tiveram que nos deixar, os dois iriam para o show do Tiago Iorc. Às 21h começamos a nos despedir, minha mãe quase não saia de perto da gente, estava morrendo de dó, kkkkkk mas isso é normal, coisa de mãe, então os dois se foram, e aí caiu nossa ficha, estávamos sozinhas, e agora era por nossa conta.
Esperamos, esperamos, e esperamos. Antes do embarque encontramos uma senhora que conversou com a gente, não me recordo o nome dela, ela adorava conversar, foi um prazer conhecê-la, e poder nos distrair um pouco, estamos mandando um beijo enorme para você! Aproveite as praias do Rio, como ela mesma disse que amava!

Dia 16 chegou, 00h01, nosso embarque! A viagem foi bem tranquila, apesar do frio dentro do ônibus por causa daquele ar condicionado kkkkkkkk.
Chegamos à rodoviário Novo Rio – RJ, agora mais horas de espera, nosso ônibus para partir para Cidade do Rock, só iria sair às 11h e chegamos às 6h.
Tomamos café, avisamos aos familiares que havíamos chegado, e que estava tudo bem, agora só restava esperarmos.

Eu e minha irmã gostávamos de observar as pessoas, são costumes diferentes do povo de SP, principalmente aquele chiado na voz dos Cariocas, que são um povo bem alegre.
À partir das 10h estávamos na fila para pegarmos nosso cartão de embarque Primeira Classe, um ônibus que te leva com segurança até o portão da grande Cidade do Rock.
Trocamos nosso cartão e PARTIU ROCK IN RIO!

Durou cerca de 30 minutos da rodoviária até a Cidade do Rock.
Enfim, chegamos!!!! Lá estávamos, era inacreditável. Os portões iriam abrir às 14h e chegamos umas 11h40, ou seja, mais espera!

Mas essas esperas valeram muito a pena, nos estávamos contando para que o tempo passasse devagar para aproveitarmos cada minuto.

Os portões foram abertos, e a emoção era maior que tudo. Passamos nossa pulseira (ingresso), fomos revistadas, e assim liberadas para aproveitar a Cidade do Rock!

Entramos com o pé direito e foi INCRÍVEL!!!! Aquele lugar é enorme. Avisamos a nossa família/amigos que estávamos dentro da Cidade do Rock “estamos no Rock in Rio!!!”.

Fomos conhecendo as coisas aos poucos. Entramos na Rock District lá tem a Calçada da Fama de todos os artistas que passaram pelo Rock in Rio (Rio, Lisboa, EUA), em seguida, o que queríamos ver era, lógico, o Palco Mundo, fomos procura-lo e não é que achamos? Aquele negócio enorme, era impressionante, o tamanho daquele palco a estrutura dele nos deixou impressionadas, era lindo! Então passamos um tempo conhecendo nosso novo amigo e enfim fomos conhecer o resto da nova Cidade do Rock, o lugar é enorme, com muitas variedades, é uma cidade mesmo lá dentro.

Eu e minha irmã não fomos nos brinquedos, as filas eram enormes, mas parece que não demoravam tanto. Tinha de tudo, montanha-russa, roda gigante, e a famosa tirolesa que atravessa o Palco Mundo.
Andamos a Cidade inteira, foi um pouco cansativo, mas valeu a pena, tiramos foto em cada ponto “famoso”.

De repente ouvimos um barulho no Palco Mundo, o que era aquilo? – Fomos então ver, o Skank estava passando o som, a banda cantou uma música para a alegria dos fãs e então voltaram para o backstage. E a ficha estava caindo, daqui a pouco o grande show iria começar!

Andamos mais pela Cidade do Rock, e passado umas 3 horas conhecendo o lugar, voltamos para os braços do nosso novo amigo o Palco Mundo era umas 16h50, então ficamos lá esperando até as 19h, a hora que o grande show iria começar.

E a grande hora chegou!

19:00 horas, o sonho estava se tornando realidade!!!
Fogos de artifícios saindo de trás do Palco Mundo, UAU! Aquilo era lindo e enorme! Impressionante!!
Foi aí que minha irmã olhou para mim, e demos um abraço, estávamos realizando nosso sonho!! Olhos brilhando com aqueles fogos de artifícios!

Então, o Skank subiu no palco e a euforia do povo era enorme, todos cantando e gritando se emocionando ao som da voz de Samuel Rosa, que aliás é um ótimo cantor! O show do Skank foi incrível, a interação com o público foi a melhor parte. Eu e minha irmã estávamos ansiosas pela música Vou Deixar, é a parte mais alegre do show e onde você se solta, além da letra da música já dizer isso, a gente se sente livre para ser feliz e cantar sem se importar com outras coisas! Enfim, o show do Skank, foi ótimo para começar a noite!


Depois que o show acabou era a vez do Shawn Mendes entrar.
Acho que era o cantor mais esperado da noite, pois foi o momento mais cheio na plateia.
Muitos jovens, gritando e gritando, emocionados para ver o cantor. Eu e minha irmã não somos fãs do cantor, mas estávamos ansiosas pela apresentação.

Então, Shawn Mendes pisou no palco e aquilo foi I M P R E S S I O N A N T E!
A energia dos fãs era enorme, eles cantavam muito, o próprio Shawn Mendes não estava acreditando no que estava vendo, era nítido no rosto dele. O show dele foi impecável, mesmo quem não era fã sabia as letras na ponta da língua (eu e minha irmã, incluídas kkk). Ver uma pessoa de 19 anos fazendo o que ele fez foi sensacional, é um show que vale MUITO a pena ser assistido. O show foi além do limite, mas o ponto mais alto foi quando o cantor pediu para que todos erguessem uma luz, na música Never Be Alone, foi lindo e emocionante! Era um dos momentos que você pensa: “Por favor, que isso demore para acabar”.
O que temos para dizer é: Shawn Mendes, você será um sucesso!
Posso dizer que saímos de lá sendo fãs do cantor! Voz boa, presença de palco, interação com o público! Foi demais!

Agora a era nostálgica!

Fergalicious definition make them boys go loco!

Chegou a hora da nossa Diva, Ferg Ferg!
Estávamos muito ansiosas pela volta da nossa rainha!

Enquanto as coisas estavam sendo preparadas no palco, percebíamos que ia ser um show empoderado!
E já começou causando com a música Hungry, excelente para uma abertura!
E lá estava ela, Fergie, a rainha voltou! OMG! Não estávamos acreditando. Eu e minha irmã arrepiadas. Quando iriamos imaginar que veríamos um show da Fergie?
Só sei que estávamos nós duas lá, cantando, cada parte das músicas, cada verso de Hip-Hop, era demais!
A cantora teve alguns problemas com o microfone, mas isso não a deixou abalada, ela brincava, mas seguia no ritmo da galera.
E dava pra perceber que ela estava muito emocionada em voltar ao Brasil. Com os olhos cheios de lágrimas, ela agradecia o público brasileiro o tempo todo!

E chegou a hora da surpresa. Para ser sincera, nós nem sabíamos que iria ter surpresa! Kkk
Mas quem chegou? Pabllo Vittar! Gente, aquilo foi uma loucura, o público gritava e gritava, sim, esse foi o ponto mais alto do show da Fergie, a apresentação das duas, foi chocante!

Quando a Pabllo, cantou Sua Cara, aí sim que todo mundo caiu na euforia. Sem palavras.
Como dizem por ai: “A voz do povo é a voz de Deus” ou seja, Medina, queremos Anitta no próximo Rock in Rio!

Fergie saiu do palco, e achávamos que ela havia indo embora, mas não, lá vem ela e chegou a hora que eu e minha irmã mais esperávamos, a música, Big Girls Don’t Cry. Acho que a maioria estava esperando por essa, uf, essa foi de tirar o fôlego, todos ali cantando foi encantador e podemos dizer que fofo ao mesmo tempo! – O momento acústico acabou e agora era a hora de todos pularem com I Gotta Feeling, foi algo sem palavras, e de uma nostalgia enorme, a cantora descendo do palco e o povo eufórico, querendo a atenção dela.

O show estava acabando, e eu e minha irmã só queríamos mais um! Além, das falhas técnicas a apresentação foi demais, e fez todo mundo pular e se divertir!

Resumindo o show da nossa Fergie, foi uma balada bem nostálgica! Estávamos sentido falta disso.

Agora o último show da noite. Sim, estávamos mortas, mas preparadas para mais um!

Chegou a vez do Maroon 5. Muita gente estava ansiosa, mas outras não muito, depois de substituírem a rainha do Pop – Lady Gaga, no dia anterior (15/09), o show não era uma surpresa!
Enquanto os equipamentos eram arrumados no palco, nos descansávamos no meio daquela multidão, cada espacinho que tinha ali a gente tentava se encaixar só pra descansar as pernas. kkkkkkk
Parece que cada vez ia ficando mais cheio!

Então chegou a hora do Maroon 5 pisar no Palco Mundo e enfrentar mais uma vez aquele mar de gente!
Vou ser sincera, eu e minha irmã estávamos e não estávamos ansiosas ao mesmo tempo, aquele já era o 3º show do Maroon 5 que víamos, então já era meio que esperado o que iria acontecer no palco.
Mesmo assim, soltamos a voz, gritamos, cantamos, interagíamos com o a banda. Como sempre, os caras mandam muito bem em shows, isso é inquestionável!

A surpresa, foi quando a banda cantou o single novo What Lovers Do, foi um ponto alto. E sem contar na parte acústica quando, o Adam Levine e o guitarrista, James Valentine, vão para a passarela e cantam apenas ao som de um vilão a voz do vocalista e o público a música She Will Be Loved e Lost Stars, o público caiu no choro!

Esses momentos de músicas acústicas, são os melhores momentos de um show, ali você sente a energia, a paixão do que uma música pode fazer com você, com os seus sentimentos! Foi lindo!

A banda fechou a noite com a música, Sugar, era ensurdecedor! Adam Levine, com seu charme tirou a camiseta como de costume nessa música e o público foi ao delírio. Assim o show foi acabando, e a banda não queria deixar o palco, mas assim se foram e a noite acabou!

Um sonho realizado!

Mais uma queima de fogos, passou pelo Palco Mundo, e ali a noite foi terminando as 2h30 da manhã!

Assim, seguimos nosso caminho e fomos embora para a rodoviária, tudo ocorreu tranquilamente, chegamos as 4h30 e nosso embarque seria as 6h da manhã! Estávamos sem voz, cansadas, acabadas, mas por um grande motivo!

Eu sempre digo, eu amo experiências, essa foi a primeira de muitas que ainda vamos fazer, tudo vale a pena aproveitar uma noite como essa é algo inexplicável, a energia das pessoas, o amor pela música, conhecer gente nova, costumes diferentes é demais!

A música une muita gente, música é vida! Nós nunca vamos deixar de amar uma arte dessas!
Só digo uma coisa:
QUREMOS MAIS ROCK IN RIO EM 2019!
Recomendamos isso para todos os amantes de música, esse sim, é o MELHOR EVENTO DE MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS!
ROCK IN RIO 2017 NÓS FOMOS!!!!

Obrigada, Skank, Shawn Mendes, Fergie, Maroon 5 e Rock in Rio

Att,

Danielle Mary e Gabrielle Maria

Foto capa: Oficial Rock in Rio
http://rockinrio.com/rio/pt-BR